sábado, 28 de agosto de 2010

Olá amigos!!
Eu me chamo Raquel, tenho 20 anos, há 18 anos sou gorda!

Meu histórico é interessante porque eu nasci de uma mulher que não me queria. Eu era um bebê completamente desnutrido, sem perspectiva nenhuma de futuro, enfim, abandonada, até que essa mulher (que seria minha mãe biológica) resolveu ir até um hospital me dar uma doutora que há muito tem queria ter uma menina, sendo que até então ela só tinha meninos. Essa doutora hoje em dia é minha mãe com quem eu sou muito feliz e a amo demais!!!
Aí começa minha história: nessa nova casa eu era bem alimentada, e fui ficando até que o sobre peso me acompanhou todas as fases da minha vida. E por isso eu era vitima constante de piadinhas: olha a baleia, ooo gordinha... Isso é realmente terrível. Ninguém sabe como que isso ofende.
O pior é quando hoje em dia eu pego ônibus e ninguém quer sentar perto de mim, ou quando senta logo que aparece outro lugar mais "confortável" muda imediatamente de lugar. E tem pessoas que não disfarçam mesmo.
Outra situação crítica é a questão do emprego. Eu estudo Pedagogia e minha profissão lida com criança em todo tempo. Quando terminei meu contrato com a prefeitura, fui logo procurar um outro estágio e já fui em 4 escolas diferentes, nenhuma delas me quis. Não é por falta de experiência não, é porque muitos desses profissionais acreditam que eu não conseguirei aguentar o dia a dia com crianças, tendo em vista que as pessoas obesas não conseguem fazer muitas coisas, porque se cansam rápido.


Bom eu queria que existisse menos preconceito porque querendo ou não isso é preconceito. Mas então porque eu estou aqui? Porque eu queria encontrar ajuda para resolver esse meu problema de obesidade e apos muitas pesquisas na internet, eu achei um blog muito legal da Larissa que ela tira foto dos pratos que ela come e conta as dificuldades dela e aí eu pensei se ela conseguiu porque eu não conseguiria?

É por isso que estou aqui iniciando meu blog, espero que daqui a alguns dias tenha muitos visitantes!!!